O que podemos aprender com as mulheres da bíblia

As mulheres foram figuras importantes no enredo da história escrita por Deus. Elas aparecem na narrativa bíblica em contextos variados, exercendo as mais diferentes funções e tarefas, atuando como instrumentos de Deus. Desde a criação, queda e redenção, até o início do Cristianismo, a presença da mulher sublinhou histórias comuns, como também os momentos mais importantes da Bíblia.

Fortes, porém frágeis, humildes e vitoriosas, soberbas e fracassadas, belas e virtuosas, esforçadas e delicadas… As mulheres na Bíblia, embora complexas, nos ensinam de forma simples bons e maus exemplos. Como sabemos, a Bíblia não aprova todas os comportamentos dos personagens que descreve. Mas, certamente, podemos aprender com todos os exemplos, tirando boas lições das personagens femininas tanto das qualidades quanto dos seus erros.

Confira neste estudo, o que podemos aprender com as mulheres na Bíblia:

Virtudes e qualidades de Mulheres na Bíblia

Na Bíblia, várias mulheres demonstraram valores dignos de serem observados e aprendidos. Em quase todos os livros bíblicos e nos diferentes contextos há referências as mulheres de diferentes estilos e temperamentos. Muitas delas deram bons exemplos, através de seus dons, postura e motivação perante Deus. Conheça alguns atributos de fé e caráter de algumas mulheres da Bíblia:

I. Aprenda a desenvolver um espírito de devoção a Deus

Fé fervorosa, prática de piedade, corações contritos e moldado por Deus são algumas características de uma vida de adoração e devoção ao Senhor. Algumas mulheres fizeram a diferença por uma conduta dedicada de amor e adoração a Deus.

1. Ana – Oração e entrega a Deus

Ana atribulada pela sua situação (estéril, hostilizada pela sua rival), derramou o seu coração diante de Deus, em oração e clamor (1 Samuel 1:15). Quando somos afligidos, qual a nossa atitude? Ressentir, contender, murmurar? Ana nos ensina a buscar Àquele que pode solucionar os nossos problemas.

Lição: A oração continua sendo o melhor meio de nos achegarmos a Deus com confiança, por intermédio de Jesus. Entregue a Ele a sua vida e seus problemas. Confie no Senhor, mesmo que aflições e a hostilidade do mundo lhe façam sofrer. Lembre-se: Deus é tudo que você mais precisa e com Ele você é mais que vencedor!

2. Rainha Ester – Jejum e intercessão

Ester deu outro exemplo importante de contrição, como intercessora pelo povo judeu perante o rei Assuero. Mas antes disso, ela buscou e humilhou-se com jejum diante de Deus, o Rei dos reis, a fim de abençoa-la na sua causa (Ester 4:16).

Lição: Ester mostrou que vale a pena pagar o preço pela vida, salvação e livramento do nosso povo. Ore jejue e interceda pela sua família, amigos, vizinhos, etc. Busque a Deus pela transformação da sociedade e para salvação de todos que estão à sua volta.

3. Abigail – Conselho e Sabedoria

Abigail demonstrou ser uma mulher bastante sábia e pacificadora. No episódio entre Davi e Nabal, ela intercedeu pelo marido bruto que agiu mal contra Davi e seus servos. Além de assumir a culpa pela atitude reprovável do marido (1 Samuel 25:24), Abigail evitou que Davi fizesse vingança pelas próprias mãos, poupando a vida do marido e o iminente ataque à sua própria família.

Lição: Peça sabedoria a Deus para conseguir analisar as situações e não agir precipitadamente. Agir por impulso só gera consequências ruins. Seja sábia e dê bons conselhos. Toda a sua família e aqueles que estão à sua volta serão beneficiados se você agir conforme o conselho de Deus.

4. Maria – Jovem agraciada por ser mãe do Messias

Maria era uma jovem temente ao Senhor, que O obedeceu apesar de poder sofrer duras consequências. Desposada, mas ainda não casada, Maria aceitou o maravilhoso desafio de ser a mãe, ainda virgem, do Cristo prometido. Isso mostrou sua profunda fé e amor a Deus (Lucas 1:45-48). Ela creu aceitando o cumprimento da vontade de Deus e teve a graça de cuidar e carregar no colo o Salvador do mundo!

Lição: A jovem Maria dá-nos um belo exemplo de fé, renúncia e amor a Deus. Ninguém, nem mesmo nós próprios, é mais importante que Jesus Cristo. Por isso, todos temos razões para dedicar nossa vida inteiramente a Cristo. Outra lição importante diz respeito à maternidade, apesar de ser um desafio novo e maravilhoso para todas as mulheres, Deus dá forças, graça e sabedoria para exercê-la. Confie (Lucas 1:37), obedeça e receba ajuda de Deus!

5. Maria de Betânia – Amor e adoração sincera

Maria de Betânia foi uma mulher que desejava aprender mais do Senhor Jesus. Ela não perdia nenhuma oportunidade de ouvi-lo e conhecer melhor acerca do Reino de Deus. A despeito do que iriam pensar, sentava-se aos pés de Cristo para ouvi-lo, sem temer o que iriam dizer, nem mesmo a reprimenda da irmã Marta. Além de escolher a melhor parte (Lucas 10:42), Maria também adorou ao Senhor, derramando um precioso perfume sobre Ele (Mateus 26:6). Mais uma vez contrariando quem achava ser um “desperdício”. Mas, por esse ato, ela foi ‘imortalizada’ por Cristo, isto é, será sempre lembrada pelo que fez (Mateus 26:13).

Lição: Maria de Betânia ensina-nos a ter uma atitude espontânea de adoração e busca por conhecer mais a Deus. Devemos ser intencionais nisso e dedicar as nossas vidas ao amor e conhecimento de Deus. Não se importe com o que os outros vão pensar, ou se acham que é um “desperdício de vida”. Gaste tempo aos pés de Jesus. Dedique-se, adore-O, entregando sempre o seu melhor, de coração.

Buy now